Buscar

Preço do limão pago ao produtor está mais baixo neste mês

Clima atrasou a colheita, mas a expectativa é de alta para os próximos meses

  • Sebastião Garcia | Mogi Guaçu (SP)
  • Enviar

O preço do limão pago ao produtor está mais baixo neste mês, considerado um período de entressafra. O clima atrasou a colheita, mas a expectativa é de alta para os próximos meses e a cotação da fruta pode ser maior do que no ano passado.

Faz 26 anos que o agricultor Ivani Cremasco produz limão, e está acostumado com o sobe e desce dos preços. No ano passado, a cotação foi de R$ 4 na época de colheita, para até R$ 40 na entressafra. Neste ano, o agricultor conseguiu R$ 8 por uma caixa de 27 quilos.

– O preço de R$ 8 está bom este ano. Porque no ano passado teve bem mais barato. Estava na faixa sempre de R$ 3 a R$ 5 – conta.

A safra de limão acontece nos meses de janeiro e fevereiro. Neste ano se estendeu até março devido ao clima. O tempo foi muito seco na época de floração, que ocorre em agosto e setembro. Por outro lado, choveu demais no início deste ano, o que comprometeu de novo a florada. A grande parte da lavoura não tem flor nenhuma. Isso significa que logo que terminar esta colheita, não terá mais limão para ser colhido, com isso o preço sobe.

Um levantamento feito pelo Cepea em São Paulo comprova o reflexo que o atraso na colheita teve no bolso do produtor. Em janeiro o preço médio da caixa de 27 quilos estava em R$ 10,39. Subiu um pouquinho em fevereiro e na média, por enquanto, de março o preço está em menos de R$ 9. Pela previsão dos pesquisadores, quando começar a faltar produto, provavelmente em menos de dois meses, o preço deve subir.

– Como este pico de oferta foi deslocado de janeiro para março, é esperado ainda pelos produtores que a gente conversa, que neste restante de mês e abril, ainda tenha um volume de oferta. Então, consequentemente nestes dois meses a gente sabe que o preço não vai ser tão bom. Nos outros meses que a oferta vai diminuir o preço vai gradativamente subir – explica a pesquisadora do Cepea,Fernanda Geraldini.

Para Cremasco, o preço precisa melhorar para que ele possa pagar o último investimento que fez. Sua plantação aí não tem mais que três anos. Esta é a primeira colheita na área. A produção representa 10% de todo limão que possui. Ele espera produzir 200 caixas nesta safra, para cobrir uma parte dos custos que teve.  Apenas com sistema de irrigação o investimento foi de R$ 150 mil.

– Se o preço ficar na faixa dos R$ 15 a R$ 20, acho que em dois anos eu tenho o retorno do investimento – comenta.

O atraso na colheita refletiu também nas exportações de limão este ano. Segundo a Secretaria de Comercio Exterior (Secex), em janeiro e fevereiro o volume foi 30% superior ao mesmo período do ano passado, a receita subiu 100%.

CANAL RURAL

  • Enviar
carregando...

SERVIÇO

 
(SXC.HU)

COTAÇÃO

Acompanhe as cotações das principais commodities agrícolas

Portal traz dados dos maiores mercados do agro no Brasil

Esalq/USP oferece cursos de MBA a distância em Agronegócios, Agroenergia e Gestão Estratégica (Reprodução)

Cursos de MBA a distância da ESALQ/USP recebem inscrições

Programas são oportunidade para profissional que busca qualidade de ensino com praticidade

Tecnologia no gerenciamento agrícola pode auxiliar produtor (Divulgação/BurningWell)

Agricultura de Precisão: conheça técnicas para incrementar sua lavoura

Sistema utiliza tecnologia, como GPS, para otimizar uso de insumos

(Canal Rural)

VOCÊ NO RURAL

Conheça as nossas vagas e faça parte do principal
veículo de comunicação do agronegócio do país

BOLETIM

Resumo de Cotações

R$ / @ FOBAtualizada em:
23/04/2014 às 21:00
  • UF
  • Praça
  • Compra
    • MA
      • Balsas
      • 59,80
    • PR
      • Cascavel
      • 65,00
    • MS
      • Dourados
      • 61,00
    • RS
      • Passo Fundo
      • 65,50
    • MT
      • Rondonopolis
      • 59,00
    • GO
      • Rio Verde
      • 62,00
    • SP
      • Bebedouro
      • 63,00
    • TO
      • Pedro Afonso
      • 58,60
Ver mais dadosDisponibilizado por Safras & Mercado

ANUNCIE

 
(Divulgação/RuralBR)

ANUNCIE NO RURALBR

Você pode anunciar em todo o portal. Confira nossos formatos de publicidade

(Divulgação/clicRBS)

RURALBR NO TWITTER

Siga o @RuralBR e receba as dicas e atualizações em primeira mão, diretamente no seu twitter

RSS

 
(Divulgação/RuralBR)

FEEDS RURALBR

O noticiário do portal RuralBR também está disponível no formato RSS. Confira todos os canais disponíveis

Canal Rural

© 2011-2014 RuralBR.com.br

Todos os direitos reservados