Buscar
TECNOLOGIA
07/02/2012 | 18h15

Uso de sementes transgênicas cresce quase 20% no Brasil em 2011

País é o segundo maior usuário de biotecnologia, atrás apenas dos Estados Unidos

Atualizada às 21h57
  • Enviar
Reprodução
Foto: Reprodução / Canal Rural
Brasil puxou o crescimento do uso de sementes geneticamente modificadas


A área cultivada com sementes transgênicas aumentou 8% no mundo em 2011, atingindo 160 milhões de hectares. O Brasil puxou o crescimento do uso de sementes geneticamente modificadas, com alta de 19,3%. Os dados foram divulgados nesta terça, dia 7, pelo Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações Agro-Biotecnológicas (ISAAA).

Um exemplo do crescimento do uso dos transgênicos é o produtor rural Valcírio Hasckel, de Bragança Paulista, no interior de São Paulo. Ele planta milho e fornece para ração animal. Há três anos, 20% da área era cultivada com o grão modificado, resistente a insetos, número que saltou para 80% em 2011. O produtor afirma que está satisfeito com o resultado da tecnologia na lavoura.

— Custo é praticamente o mesmo, mas eu tenho mais produtividade. Minha rentabilidade aumentou — comenta.

O Brasil é o segundo maior usuário de biotecnologia, atrás apenas dos Estados Unidos.  A maior parte foi com soja (20,6 milhões de hectares – 68%), seguida pelo milho (9,1 milhões de hectares - 30%) e pelo algodão (600 mil hectares - 2%). Anderson Galvão, representante do ISAAA no brasil, acredita que o produtor rural brasileiro está percebendo melhor as vantagens da biotecnologia.

Apesar da preferência do produtor brasileiro, algumas lideranças do setor ainda se manifestam contra os transgênicos. A estimativa da Associação Brasileira dos Produtores de Grãos Não Geneticamente Modificados (Abrange) é de que 30% da soja produzida no Brasil ainda seja convencional. O diretor executivo da entidade, Ricardo Souza, afirma que o beneficio do transgênico dura pouco.

— O fato de usar uma semente transgênica possibilita que essa incidência de mato seja reduzida e isso é muito bom. Só que com o tempo e o reuso e a utilização constante do transgênico causa o mesmo problema que o convencional, só que numa velocidade muito maior. Então você acaba tendo ervas daninhas resistentes em muito menos tempo. A grande promessa dos transgênicos era de reduzir o volume de uso dos agrotóxicos.

CANAL RURAL

  • Enviar
carregando...

SERVIÇO

 
(SXC.HU)

MERCADO

Acompanhe as cotações das principais commodities

Portal traz dados dos maiores mercados do agro no Brasil

Esalq/USP oferece cursos de MBA a distância em Agronegócios, Agroenergia e Gestão Estratégica (Reprodução)

Cursos de MBA a distância da ESALQ/USP recebem inscrições

Programas são oportunidade para quem busca qualidade de ensino com praticidade

(Soja Brasil)

aplicativo

Soja Brasil lança aplicativo para iPhone e iPad

Versão atualizada do app é mais leve e apresenta novas funcionalidades

(Canal Rural)

VOCÊ NO RURAL

Conheça as nossas vagas e faça parte do principal
veículo de comunicação do agronegócio do país

BOLETIM

Resumo de Cotações

R$ / @ FOBAtualizada em:
24/10/2014 às 21:00
  • UF
  • Praça
  • Compra
    • MA
      • Balsas
      • 49,50
    • PR
      • Cascavel
      • 61,00
    • MS
      • Dourados
      • 59,00
    • RS
      • Passo Fundo
      • 62,00
    • MT
      • Rondonopolis
      • 57,50
    • GO
      • Rio Verde
      • 59,00
    • SP
      • Bebedouro
      • 58,50
    • TO
      • Pedro Afonso
      • 48,00
Ver mais dadosDisponibilizado por Safras & Mercado

ANUNCIE

 
(Divulgação/RuralBR)

ANUNCIE NO RURALBR

Você pode anunciar em todo o portal. Confira nossos formatos de publicidade

(Divulgação/clicRBS)

Canal Rural NO TWITTER

Siga o @canalrural e receba as dicas e atualizações em primeira mão, diretamente no seu twitter

RSS

 
(Divulgação/RuralBR)

FEEDS RURALBR

O noticiário do portal RuralBR também está disponível no formato RSS. Confira todos os canais disponíveis

Canal Rural possui diversas formas de interação com o público (Canal Rural)

Fale com o Canal Rural

Você pode enviar suas sugestões de reportagem para nossa equipe

Canal Rural

© 2011-2014 RuralBR.com.br

Todos os direitos reservados