Buscar
FORÇA DOS VENTOS
20/06/2012 | 16h38

Energia eólica: Rio Grande do Sul terá primeira fábrica de aerogeradores

Investimento de empresa argentina deve ultrapassar os R$ 87 milhões

  • Enviar
Genaro Joner
Foto: Genaro Joner
Empresa argentina investirá em fábrica de aerogeradores no Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul terá a primeira fábrica de aerogeradores, que são peças usadas na construção dos parques de energia eólica. O investimento, feito pela empresa argentina Impsa, deve chegar a R$ 87,5 milhões.

O primeiro parque de energia eólica gaúcho foi inaugurado em 2006, no município de Osório. Na época, eram apenas 25 aerogeradores. Depois, vieram mais 50. O crescimento da chamada energia limpa também a tornou uma das mais baratas nos leilões do governo.
 
— Já deixou de ser tão cara e agora está em fase bastante competitiva — afirma o secretário de Desenvolvimento e Promoção do Investimento do RS, Mauro Knijnik.

O anúncio da construção da fábrica de aerogeradores é mais uma prova deste potencial.

— Nós temos 120 gigawatts de potencialidade. Em 2015, 2016, com os leilões já contratados, nós vamos fazer o primeiro giga. Isso dá escala de produção e na medida que tem escala de produção, nós podemos ter fábricas de aerogeradores e a partir de fábricas de aerogeradores, componentes de aerogeradores — comenta Junico Antunes, secretário adjunto de Desenvolvimento e Promoção do Investimento.

O governo do Rio Grande do Sul acaba de aprovar um projeto que prevê ainda mais investimentos e pesquisas em energia eólica.

O Ceará é o Estado que mais produz energia eólica no país, com 40% do total. A expectativa é de que em 2013 o país já esteja entre os 10 maiores produtores mundiais.

— O Brasil tem um grande potencial de ventos. O valor estimado é de 143 mil megawatts. Só para ter uma ideia, Itaipu, que é a segunda maior usina hidrelétrica do mundo, tem 14 mil megawatts. Então, nós estamos falando de 10 Itaipus de potencial de vento e um potencial ainda bastante conservador. Então, o Brasil tem na energia eólica uma fonte bastante interessante para complementar sua matriz, que é uma matriz renovável — explica o presidente da Empresa de Pesquisa Energética, Maurício Tolmasquim.

CANAL RURAL

  • Enviar
carregando...

SERVIÇO

 
(SXC.HU)

MERCADO

Acompanhe as cotações das principais commodities

Portal traz dados dos maiores mercados do agro no Brasil

Esalq/USP oferece cursos de MBA a distância em Agronegócios, Agroenergia e Gestão Estratégica (Reprodução)

Cursos de MBA a distância da ESALQ/USP recebem inscrições

Programas são oportunidade para quem busca qualidade de ensino com praticidade

(Canal Rural)

VOCÊ NO RURAL

Conheça as nossas vagas e faça parte do principal
veículo de comunicação do agronegócio do país

BOLETIM

Resumo de Cotações

R$ / @ FOBAtualizada em:
18/09/2014 às 21:00
  • UF
  • Praça
  • Compra
    • MA
      • Balsas
      • 54,00
    • PR
      • Cascavel
      • 58,00
    • MS
      • Dourados
      • 56,00
    • RS
      • Passo Fundo
      • 58,50
    • MT
      • Rondonopolis
      • 57,00
    • GO
      • Rio Verde
      • 56,00
    • SP
      • Bebedouro
      • 58,00
    • TO
      • Pedro Afonso
      • 53,00
Ver mais dadosDisponibilizado por Safras & Mercado

ANUNCIE

 
(Divulgação/RuralBR)

ANUNCIE NO RURALBR

Você pode anunciar em todo o portal. Confira nossos formatos de publicidade

(Divulgação/clicRBS)

Canal Rural NO TWITTER

Siga o @canalrural e receba as dicas e atualizações em primeira mão, diretamente no seu twitter

RSS

 
(Divulgação/RuralBR)

FEEDS RURALBR

O noticiário do portal RuralBR também está disponível no formato RSS. Confira todos os canais disponíveis

Canal Rural possui diversas formas de interação com o público (Canal Rural)

Fale com o Canal Rural

Você pode enviar suas sugestões de reportagem para nossa equipe

Canal Rural

© 2011-2014 RuralBR.com.br

Todos os direitos reservados